25 de agosto de 2015

Palmares, Jabour e Lourdes: novos carros!

A semana começa com novidades para as duas empresas, na segunda feira (24/08), as duas primeiras receberam seus novos veículos.

EXPRESSO PALMARES
A Palmares, empresa do consórcio Santa cruz que é uma cisão da Pégaso, recebeu 3 unidades de VIP II ex Transurb OF 1519!


VIAÇÃO JABOUR
A Jabour, também do Santa Cruz traz pra Zona Oeste são mais de 20 unidades de New Torino da Marcopolo para suas linhas alimentadoras do BRT. Montados sob chassi OF-1721L Bluetec5. O carro D86290 foi visto indo para sua garagem, créditos na foto.
N.S de Lourdes
A Lourdes, líder do consórcio Internorte, traz para seus usuários mais unidades do Caio Apache VIP IV montado sob chassi OF 1519 Bluetec5, créditos na foto.

Mudanças na Zona Sul a partir de 3 de outubro!

A resolução publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial do município prevê, até o final do ano, a eliminação de 28 linhas, que serão substituídas por cinco novas. Outras 21 linhas vão ser encurtadas. Até março de 2016 vão deixar as ruas 700 coletivos (35%), dos cerca de 2 mil que trafegam pela Zona Sul.
Segundo a prefeitura, o objetivo da medida é evitar a sobreposição de itinerários e reduzir o número de coletivos ociosos nas vias e, com isso, melhorar o trânsito, inclusive nos corredores de BRS, onde o tempo de viagem pode ter um ganho de até 30%. Pelos cálculos da Secretaria municipal de Transporte, somente no corredor da Avenida Nossa Senhora de Copacabana, por onde passam atualmente, em média, 300 ônibus, por hora, a previsão é que o volume de coletivos que circulam pelo local caia para 120, por hora.
ADVERTISEMENT
O plano de racionalização da frota prevê a aglutinação de 70% das linhas que circulam pelas ruas da Zona Sul. Com o encurtamento dos trajetos de algumas linhas, os passageiros terão de fazer baldeações para chegar ao destino final, a exemplo do que ocorre com o BRT e suas linhas alimentadoras. Quem sai da Barra da Tijuca em direção ao Centro, por exemplo, vai ter de trocar de ônibus na Zona Sul, fazendo integração com uma linha que levará ao destino final.
Na primeira fase das mudanças, no dia 3 de outubro, serão eliminadas 22 linhas e começam a circular três outras novas. No dia 24 de novembro começa a circular mais uma linha nova, ligando a Praça General Osório à Central. Outras 11 linhas serão encurtadas a partir de 7 de novembro. No dia 5 de dezembro serão cortadas mais seis linhas e implantada a linha nova, ligando a Gávea à Central. O encurtamento de outras 10 linhas será feito no dia 12 de dezembro. Segundo a prefeitura, os ônibus que sairão do sistema serão, prioritariamente, os mais antigos e os que não possuem ar-condicionado

O QUE MUDA?

19 de agosto de 2015

Eliminação de 33 linhas a partir de outubro!

A partir da primeira semana de outubro, 33 linhas de ônibus que cruzam a Zona Sul serão retiradas de circulação. A medida, implantada pela Prefeitura do Rio, através da Secretaria Municipal de Transportes, vai encurtar o itinerário de outras 21 linhas e criar cinco rotas. A expectativa é aumentar a eficiência do sistema de transporte, acabando com a sobreposição das linhas e a disputa por passageiros nos pontos, como acontece em bairros como Copacabana. Hoje, dois mil veículos cruzam a Zona Sul. A meta é fazer com que, aproximadamente, 700 ônibus deixem de rodar na região até a Olimpíada. 

A racionalização da frota será feita gradativamente. A previsão é que, até o fim da implementação de todo o projeto, em março de 2016, 35% dos ônibus da região estejam fora de operação. Os moradores da Barra da Tijuca terão que fazer integração na Zona Sul, caso o destino seja o Centro. 
Segundo o subsecretário de Planejamento, Alexandre Sansão, as alterações devem encurtar o tempo de viagem e garantir mais fluidez no trânsito. “Racionalizar é evitar a sobreposição de linhas. Se você tem rotas muito longas sobrepondo as mais curtas e tem a finalidade de atendimento àquela região, essa linha longa deixa de existir para fazer integração com essas curtas. É algo parecido com o que fizemos com o BRT, que também usa a lógica da integração”, explica Sansão. 

As alterações deverão impactar inclusive os corredores BRS. A meta é que o desempenho dos ônibus nas vias expressas melhore em 30%. No BRS da Nossa Senhora de Copacabana, por onde passam, em média, 300 ônibus por hora, a previsão é que o serviço seja feito por 120 veículos, após a reformulação do sistema.

A primeira fase de racionalização das linhas de ônibus na Zona Sul terá início na primeira semana de outubro e será concluída em dezembro. Confira as alterações nos itinerários.

PRIMEIRA FASE 

Criação da linha integrada 1 (Alvorada-Rio Sul, via Lagoa-Barra) para receber os passageiros das linhas 314, 332, 501 e 502, que serão eliminadas. A integrada 8 (Recreio-Rio Sul, via Lagoa-Barra) vai atender os usuários da linha 318, a ser extinta. A integrada 2 (Alvorada-Rio Sul, via Av. Niemeyer) substituirá as linhas 177, 360, 504 e 535, também eliminadas. A quarta linha a ser criada será a Troncal 1 (General Osório-Central, via Copacabana e Aterro do Flamengo). Ela vai atender aos passageiros das linhas 120, 121, 125, 127, 411, 442, 129, 305, 404, 405, 441, 454, 458, 480, 481 e 505, que serão retiradas de circulação, e também dos usuários das linhas 119, 455, 456, 457, 475, 483, 484, 485 e 486, que serão encurtadas. 

SEGUNDA FASE 

Em dezembro, começa a segunda etapa do planejamento, quando será implantada a Troncal 3 (Gávea-Central, via Copacabana e Aterro do Flamengo). Esta quinta linha vai absorver os usuários das linhas 123, 128, 132, 382, 402, 421, 443 e 537, que serão eliminadas. Além dessas, os veículos que farão esse percurso vão atender a população que utiliza as linhas 124, 154, 413, 415, 426, 432, 433, 435, 464, 474, 503 e 539. Essas últimas serão encurtadas. 

14 de agosto de 2015

48 ônibus da Bangu são lacrados!

O Procon Estadual, ligado à Secretaria estadual de Proteção e Defesa do Consumidor, interditou 48 ônibus, na madrugada desta sexta-feira, durante mais uma etapa da operação Roleta Russa. O objetivo da ação era fiscalizar o estado e a conservação de ônibus em garagens da Zona Oeste do Rio.
Segundo o Procon, foram vistoriados 55 ônibus da Bangu no total. Desses, 48 foram interditados, a maioria por estar com luz de ré queimada. Os fiscais também encontraram irregularidades como bancos soltos, elevadores para cadeirantes com defeito e lanterna e farol queimados. Apenas seis coletivos não apresentaram nenhum problema, e um estava com falhas técnicas, mas não chegou a ser interditado. A Auto Viação Bangu possui linhas no consórcio Santa Cruz e uma linha no consórcio Internorte.

13 de agosto de 2015

Tijuca segue renovando!

Depois de renovar seu setor amarelo, o Intersul, a Tijuquinha começa a renovação do seu setor azul, o Transcarioca. Assim como no Intersul, a tijuca trás pro Transcarioca o Marcopolo Torino 2014. Segue a foto de Alan Oliveira, do New Torino azul da Tijuquiha:

26 de julho de 2015

Pool nas linhas da Paranapuan!

Depois de várias reclamações e cobranças de soluções no RJTV, as linhas da Paranapuan serão operadas por outras empresas. Oito linhas da empresa serão temporariamente operadas por empresas do consórcio INTERNORTE, como por exemplo a Pavunense e a Ideal.
As linhas que entram no pool são: 320, 634, 635, 911, 914, 922 e 934, a princípio por 45 dias. Já o BRT, alimentadoras, e as linhas 322, 323, 327, 328, 901, SV901 continuam a ser operadas pela Paranapuan.
Pavunense já operando a 634, créditos na foto.

20 de julho de 2015

Mega Plus para a Pavunense

A empresa do consórcio Internorte que se destacou por comprar vários carros com ar e assumir linhas ano passado, renova mais uma vez. A Pavunense traz mais uma remessa de NeoBus Mega Plus, montado sob chassi OF 1721 BLUETEC5, a expectativa é que renovem suas linhas e não peguem linhas de outras empresas. Os carros são com cobrador e ar condicionado.

E você o que achou da compra da Pavunense?

6 de julho de 2015

918 dividida em duas!

Depois de muito tempo sem nenhuma linha encurtada pelo BRT Transcarioca, a bola da vez foi a 918. A linha da Jabour Bonsucesso x Bangu via Madureira foi dividida em duas. Isso aí agora a 918 é do Bangu x Madureira e passou a existir a linha 618A Vaz Lobo x Bonsucesso. O "a" significa alimentadora do BRT. Para ir de Bonsucesso à Bangu, agora a pessoa terá de pegar o 618A até alguma estação do BRT, descer em Madureira e pegar o 918, tudo isso com seu bilhete único que descontará apenas UMA passagem. Foto: Ricardo Lima.

22 de junho de 2015

Palmares começa a circular!

Quase um mês depois de seus primeiros carros chegarem, a Expresso Palmares subsidiaria da Expresso Pégaso para as linhas internas de Campo Grande começa a circular. Com a sua frota de micro foz, com ar condicionado, a Palmares entrou em operaçao hoje (22/06) nas linhas 869 Campo Grande x Santa Margarida, 868 Campo Grande x Urucânia e 842 Campo Grande x Paciência.

21 de junho de 2015

Pégaso tem 90% dos ônibus sem condições de rodar!

O que não é novidade pra ninguem que é usuário da Expresso Pégaso, a líder do consórcio Santa Cruz, é a sua frota sucateada.
Quando embarca no ônibus da linha 398, da Expresso Pégaso, em Campo Grande, para ir ao trabalho, em Bonsucesso, o mecânico Gedeon Pessanha Mesquita, de 49 anos, nunca tem certeza de que o coletivo o deixará no seu destino. Nos últimos 20 dias, a má conservação dos veículos o deixou no caminho duas vezes. O ônibus quebrou, e ele precisou esperar outro para seguir viagem.

A preocupação do passageiro ganha força nos números. Desde 2013, a empresa, responsável por 30 linhas da Zona Oeste, teve 203 ônibus lacrados pela Operação Roleta Russa, do Procon, que analisa as condições dos carros. As últimas duas ações levaram à interdição de 90% da frota. Na quinta-feira, os fiscais lacraram um ônibus com mais de 150 multas de trânsito, algumas em aberto desde 2010, conforme dados da Secretaria municipal de Transportes. O veículo circulava com documento vencido em 2012.
Os problemas são recorrentes, como mostram os dez processos que tramitam no Tribunal de Justiça desde 2012. Todos têm a Pégaso como ré e resultam de ação civil pública do Ministério Público. Motivo: mau serviço prestado. Em maio, o Procon lacrou 57 dos 59 ônibus da Pégaso vistoriados.

A prefeitura já multou o Consórcio Santa Cruz, ao qual a Pégaso pertence, inúmeras vezes (confira no gráfico ao lado). Uma delas, por descumprir o contrato com o município, soma R$ 10 milhões. Questionada por que não cassa a concessão da empresa, a prefeitura não respondeu.

— Já peguei ônibus sem vidro na janela e com bancos soltos — relatou Caroline Cunha, de 25 anos, usuária do 366.

Na quinta-feira, o Procon interditou 45 dos 50 ônibus vistoriados na garagem da Pégaso. Alguns já haviam sido pegos em operações anteriores. Segundo o diretor de fiscalização do órgão, Fábio Domingos, se toda a frota — de 400 ônibus — fosse vistoriada, “possivelmente a empresa é que seria interditada”.